segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Dicas de como votar certo

         Buscando orientar os eleitores para votar no próximo domingo, 07/10, segue algumas dicas para eleger o candidato certo para a sua cidade.

Com relação a escolha:

- Enxergue o candidato por trás da imagem que o marketing fez para ele. Em época de campanha são todos heróis.  

- Identifique nele qualidades que você sempre procura em uma boa pessoa. Sua índole, caráter, ética, moral, costumes e crenças.

- Identifique os problemas da cidade que te preocupa e se ele terá condições e/ou capacidade de resolvê-los.

- Avalie se a proposta do candidato são as suas prioridades. Estude seu plano de trabalho.

- Busque e guarde todo material possível do candidato que você escolher, pois além de esclarecer suas dúvidas você poderá futuramente exigir o

cumprimento da proposta.

- Muito cuidado com as distorções de campanha. Injúria, fofoca e boato. Elas podem destruir um bom candidato que talvez não terá tempo suficiente para se defender.

- Perguntas merecem respostas precisas. Não se deixe enrolar pelas técnicas de responder coisa diferente da pergunta.

- Procure identificar quem conhece mais os problemas do município e quem fez a campanha mais ética.

- Cuidado com os “laranjas”. “Laranjas” são candidatos que não entram para ganhar a eleição, mas para atrapalhar outro candidato dentro de certo grupo de eleitores. Eles sempre favorecem os candidatos mais fortes do partido, normalmente os que já estão no cargo. O “laranja” dispersa os votos e não entra nem ele nem o outro que busca o voto do mesmo eleitorado. Isso é muito usado contra os eleitores da igreja.

- Vote, se possível, em alguém que você conheça pessoalmente. Que pertença ao seu grupo de interesse. Que você tenha acesso depois da eleição para que você possa cobrar e exigir o que ele prometeu.

- Negue seu voto a qualquer candidato que lhe ofereça vantagens pessoais, cargos, prêmios, etc. O cargo é público, portanto deve beneficiar ao máximo de pessoas possível.

- Observe aqueles que só aparecem em época de eleição. Que começam a frequentar seu grupo e depois somem.

Com relação à eleição:

- Vote. Vote no melhor que puder.

- O voto uma ferramenta importante da democracia. Use-a. Não se isente. Os outros podem escolher errado por você.

- Quem não vota não tem força moral para reclamar ou cobrar soluções.

- Decida-se antes em quem votar e não mude mais. Não se deixe levar por “boca de urna”.

- Evite ao máximo votar em branco ou anular o seu voto. O voto é uma conquista muito importante para deixar ser usado.

Depois da eleição:

- Não deixe o candidato se esquecer de você e nem se esqueça dele.

- Cobre suas promessas de campanha. Fale com ele, mande e-mails, cartas, telefone.

- Acompanhe seu desempenho. Exija explicações. Elogie quando couber elogio e critique e repudie quando desempenhar mal suas funções. Fique de olho.

- Se você esquecer as promessas assumidas em campanha favorecerá o mau político e facilitará a impunidade.
- Lembre-se: Político tem medo da urna!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Literando