segunda-feira, 18 de abril de 2011

Um lar dos velhinhos

A Casa dos Velhos de Cachoeira abriga mulheres
Com histórias de vida um pouco perdida no tempo,
Na memória apagada pela idade,
Isso acontece sempre contra sua vontade
E ninguém pode evitar.
Ou até mesmo quiseram esconder
Em algum cantinho para ninguém encontrar.
Mas há outras histórias que pode ser recuperada:
A do momento de sua chegada em sue novo lar.
Tudo é diferente
Parece que de repente
Todo mundo lhe esqueceu.
Nem mesmo sua família vai lhe visitar.
Ai que vida amargurada,
Não há por quem esperar.
Resta sonhar com um futuro lindo
Construir um novo mundo
E nele habitar.

Valdelice Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Literando