segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Últimos dias para fim da campanha da Febre Aftosa


Foto: Valdelice Santos

Criadores de gados de São Félix também estão vacinado seu rebanho

         Faltam apenas 8 dias para o fim da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa e os pecuaristas devem vacinar todos os bovinos e bubalinos em idade vacinal, ou seja, de 0 a 24 meses. Após a vacinação o produtor deve realizar a comprovação, que pode ser feita até o dia 15 de dezembro, no escritório da Agência Estadual de Defesa Agropecuaária da Bahia, (ADAB), do Município.
         A segunda etapa da campanha começou no dia 1º de novembro e segue até o dia 30. A previsão é que sejam imunizados cerca de 3,5 milhões de bovinos e bubalinos. Na primeira fase da vacinação, a cobertura foi de 97,6% dos animais baianos. Agora, a expectativa é superar a esse índice. O Brasil não registra casos de febre aftosa há quase cinco anos.
         Muitos criadores de gados de Cachoeira, São Félix e Maragogipe deixaram para vacinar seu rebanho nos últimos dias de vacinação. Mas declararam que a vacina é de extrema importância e não deixaram de vacinar.

Como age o vírus da FA

      A Febre Aftosa (FA) é uma doença viral altamente contagiosa que afeta gado bovino, búfalos, caprinos, ovinos, cervídeos, suínos e outros animais que possuem cascos fendidos .
         O animal afetado apresenta uma febre alta que diminui após dois a três dias. Depois aparecem pequenas vesículas na mucosa da boca, laringe e narina se na pele que circunda os cascos. Quando essas vesículas se rompem e o tecido conjuntivo de sustentação fica à mostra, na forma de ferimentos é liberado no ambiente o líquido celular rico em novas unidades de vírus. 
         O animal passa a salivar, deixando cair fios de salivar e a mancar, em função dos ferimentos associados às vesículas. Além disso, ele para de andar e de comer e emagrece rapidamente.
         As capacidades fisiológicas de crescimento e engorda, e de produção de leite, são prejudicadas por várias semanas a meses. Animais novos, especialmente bezerros, podem morrer de forma aguda com miocardite derivada da infecção do músculo cardíaco pelo vírus da FA.

Valdelice Santos

Um comentário:

  1. Essa vacina é de extrema importância sim para a prevenção da FA. E só para ajudar aos criadores a encontar o escritório da ADAPI,e só procurar informação numa casa do fazendeiro de seu municipio, que lá deve encontrar algo de relevante.
    Att,
    Ana Claudia Souza - Maragogipe

    ResponderExcluir

Literando