segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Cores da vida

Cores, cores, uma explosão de cores.
Cor da saudade, cor do amor,
Cor da harmonia, cor da felicidade,
Enfim, cor da vida.
Na rosa, nas orquídeas, na margarida,
Nas folhas, nas pétalas e em você.
Na memória, na história, aqui agora,
Num dia bom, num dia de nada:
Parado, agitado, apaixonado,
Passageiro, insensível, em vão.
Sem ar, sem amor sem vida.
Cores, cores e mais cores.
Cores nas flores, nos amores,
Cores nas cidades.
Em Maragogipe, em São Félix, em Cachoeira
Sem cores não há vida,
Não há sabores, amores, valores....
Não há cidade na primavera.


Valdelice Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Literando