segunda-feira, 29 de março de 2010

A melhor coisa do mundo

PRISCILA – Essa viagem foi maravilhosa. E aquele banho, então, foi a melhor coisa do mundo!!!

EDUARDA – Ah, pra mim a melhor coisa do mundo é esse lanche. Não aguentava mais de fome.

DÉBORA – Que nada! A melhor coisa do mundo é a nossa amizade.

MIRELA – Sabe de uma coisa? Vocês estão perdendo tempo ao achar essas coisas bobas como a melhor do mundo, pois não tenho dúvidas de que a melhor coisa mesmo é fazer aquilo que a gente gosta, ou tá a fim de fazer.

EDUARDA – Eu discordo de você, Mirela. Eu gosto de ir à escola, mas não acho que isso é a melhor coisa do mundo.

MIRELA – Pera um pouco. Deixe-me explicar melhor: quando eu falei em gostar, estava me referindo a um gostar de fazer algo diferente, especial... Entendem?

EDUARDA – Ui, que argumentos!!!

PRISCILA – Para de encher o saco da Mirela, Eduarda. Liga pra ela Mirela. Todas nós entendemos o que você quis dizer.

PEDRO – Ei meninas, vamos falar de algo mais interessante sobre a melhor coisa do mundo?

DÉBORA – O que, por exemplo?

PEDRO –Será que vocês não perceberam que a melhor coisa do mundo são as mulheres, não? Como os homens iriam viver sem vocês? Venham pra cá. A água está uma delícia.

Todas concordaram e se jogaram na cachoeira, espalhando água para todos os lados.


Valdelice Santos

Um comentário:

  1. Concordo com o Pedro. Coisa melhor que mulher, só outra mulher!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Literando