sábado, 24 de outubro de 2009

Maravilhas da cidade

A brisa marinha percorre todas as ruas, pessoas conversam sobre o mesmo assunto, casarões antigos presentes em cada virada de olhar. Ruas com becos e outras com longas ladeiras e muita gente boa pinta.
No trânsito, os automóveis se cruzam com bicicleta, motos, pessoas e animais como cavalo, cachorro, gato, galinha, pombo... Tudo isto só pode ser visto por quem realmente tem vontade de morar lá ou de conhecer a cidade das maravilhas, Maragogipe.
 Um pássaro que passeia pelos ares com sua família, outro pousado à margem do rio esperando seu alimento, um adolescente ansioso sentado no jardim à espera da menina que roubou seu coração, grupos de estudantes aguardando o ônibus partir para levá-los de volta às suas casas, a queda d'água da cachoeira se apresentando no início da cidade, dando boas-vindas aos visitantes e o reencontro dos pescadores com a família, depois de uma longa jornada de trabalho. Estes acontecimentos repetem-se sempre, trazendo de novo o sentimento de quem presencia os mesmos.
 A cidade de Mara (Maragogipe para uns e maravilha para outros), só pode ser bem contemplada quando vista e revista, para que se possa descobrir novas maravilhas, já velhas para alguns observadores da cidade.

Valdelice Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Literando